•Atividade Dia da Criança•Atividades de Natal•Consciência Negra
Atividades para Educação Infantil é um site de professores e educadores, especializado em atividades escolares, que tem por objetivo transmitir informações de diversas matérias escolares para melhorar a qualidade de ensino de nossos leitores. Você encontrará informações sobre projetos educacionais, dinâmicas de grupo, atividades de matemática, brincadeiras, atividades para datas comemorativas, atividades prontas e para imprimir. Você também pode participar ativamente deixando comentários ou entrando em contato. Lembre-se que o que você ensina hoje, será o fruto do nosso futuro! Atividades Educativas, você encontra aqui.

MAMÃE POSSO IR?


Uma criança é escolhida para ser a mãe e as outras serão filhas.
De uma distância é estabelecido o seguinte diálogo:

- Mamãe, posso ir?
- Pode
- Quantos passos?
- Três de elefante.

Dá três grandes passos em direção à mãe.
Outra criança repete.

- Mamãe, posso ir?
- Pode.
- Quantos passos?
- Dois de cabrito.

Dá dois passos médios em direção à mãe.

- Mamãe, posso ir?
- Pode.
- Quantos passos?
- Quatro de formiga.

Quatro passos diminuídos à frente.

A primeira das filhas que atingir a mãe assume o posto.

FONTE
Brinquedoteca da USP

Bente que bente ó frade!

Uma criança, o líder, trava o diálogo com os companheiros:

Líder:
-Bente que bente ó frade!
Todos:
-Frade! Líder:
-Na boca do forno!
Todos:
-Forno!
Líder:
-Tirar um bolo!
Todos:
-Bolo!
Líder:
-Tudo o que seu mestre mandar...
Todos:
-Faremos todos!
Líder:
-Se não fizer...
Todos:
Levaremos o bolo!

"mestre" distribui, tarefas aos demais:
apanhar uma pedra, uma flor, um palito de fósforo, caroço ou casca de manga, uma fruta, uma folha.

A complexidade da tarefa vai depender da idade dos participantes. Quem não conseguir executar a ordem, ou for o último a chegar, leva bolos (tapas na palma da mão).

O castigo é determinado pelo grupo:
o número de bolos e a força dada aos mesmos.
Estes podem ser de anjo (fraco), de pai (forte) ou de mãe (médio).

FONTE
Brinquedoteca da USP

A galinha e seus pintinhos

Entre os participantes, são escolhidos o gavião e a galinha, através de uma forma de seleção:
bater - pedrinha, tesoura - pedra - papel, etc.
As demais crianças são os pintinhos.
Forma-se uma coluna com um pintinho segurando o outro na altura da cintura, ficando a galinha à frente de todos.
Gavião fica solto, e o seu objetivo é capturar os pintinhos começando pela extremidade oposta à da galinha.
É determinado um tempo para a captura (2 minutos, ou uma contagem até 50, etc.)
A galinha deve proteger os pintinhos sejam deslocados para longe dele.
Depois do tempo determinado, as posições são revezadas: a galinha passa a ser o gavião, o gavião o último pintinho e o primeiro pintinho a nova galinha.

FONTE
Brinquedoteca da USP

Balança caixão

O "rei" senta-se no "trono".

O "serviço" apóia o rosto no seu colo; os outros formam uma fileira atrás do "servo" apoiando-se uns nas costas dos outros.

O último da coluna dá um tapa nas costas da pessoa da frente e vai se esconder.
Assim por diante até chegar a vez do "servo" o qual irá procurar a todos receitando:
"-Balança caixão Balança você Dá um tapa nas costas e vai se esconder".

FONTE
Brinquedoteca da US

Caça Bandeira, Bandeira, Rouba Bandeira, Bimbarra.

As crianças são divididas em dois grupos de igual número.
No campo, dividido também em dois, são plantadas duas bandeiras (de cada lado).
Cada grupo deve tentar roubar a bandeira do lado oposto, sem ser tocado pelos jogadores daquele lado.
Se for tocado fica preso.
O lado que tiver mais meninos presos perde e o outro partido consegue finalmente roubar a bandeira.

FONTE
Brinquedoteca da USP

Cabra cega?!

- Cabra cega?!
- Senhor
- De onde vieste?
- De trás da serra
- Que trouxeste?
- Um saquinho de farinha
- Dá-me um bocadinho
- Não chega p’ra mim mais minha velha.
As crianças todas tentam beliscar o saquinho de farinha que a cabra-cega, de olhos vendados, no meio da roda, tem em uma das mãos; e ela tenta agarrar as que lhe aproximam.
A que se deixa prender, ou tocar, passa a ser cabra-cega e o brinquedo (brincadeira) recomeça.

FONTE Brinquedoteca da USP




Um comentário :

  1. Olá! Acabei de concluir um projeto no qual me empenhei nos últimos dias: O ALMANAQUE DE BRINCADEIRAS.

    Ele contém 500 atividades recreativas, entre brincadeiras ao ar livre, dinâmicas de grupo, brincadeiras de salão, brincadeiras para gincana, brincadeiras para crianças e adolescentes de todas as idades (do pré-escolar ao ensino médio).

    É uma obra bem elaborada e incrivelmente completa. Item obrigatório em qualquer instituição de ensino ou organização que desenvolve atividades com crianças.

    Também é interessante para pais e voluntários que promovem brincadeiras com a garotada da família e da vizinhança. São atividades bem legais e fáceis de fazer, que com certeza irão promover momentos intensos de alegria e lazer saudáveis.

    Baixe esse manual e ponha em prática as brincadeiras. Além de estar garantindo uma infância mais saudável às nossas crianças, você também estará garantindo a todos os participantes momentos inesquecíveis de felicidade.

    ACESSE:
    http://brincadeirasderua.zip.net

    ResponderExcluir

Mais Atividades para Educação Infantil