•Atividade Dia da Criança•Atividades de Natal•Consciência Negra
Atividades para Educação Infantil é um site de professores e educadores, especializado em atividades escolares, que tem por objetivo transmitir informações de diversas matérias escolares para melhorar a qualidade de ensino de nossos leitores. Você encontrará informações sobre projetos educacionais, dinâmicas de grupo, atividades de matemática, brincadeiras, atividades para datas comemorativas, atividades prontas e para imprimir. Você também pode participar ativamente deixando comentários ou entrando em contato. Lembre-se que o que você ensina hoje, será o fruto do nosso futuro! Atividades Educativas, você encontra aqui.

Como montar uma cesta de natal?



O que deve conter na cesta de natal?

Que tal aprender a montar cestas de natal para presentear com muito estilo as pessoas que você mais gosta? Ao montar a sua própria cesta de natal, você economiza até 50% no valor total da cesta, sem contar que ela será personalizada para a pessoa presenteada. 

Para montar uma cesta, o ideal é que você tenha em mente quanto quer gastar, isso será um dos maiores fatores no momento da escolha dos itens da cesta de natal.

http://www.joaoafonso.com.br/img/cesta_natal.jpg

Aprenda a Fazer cesta de Natal

Passos:
1. Definição dos produtos que a turma quer colocar na cesta;
2. Composição de tabela produto X supermercado a ser visitado;
3. Visita aos supermercados definidos para coleta de dados;
4. Comparações de preços e montagem de tabela final do orçamento da cesta com os preços dos mais baratos e supermercado respectivo;
5. Estudo de viabilidade de compra da cesta conforme orçamentos familiares.



Cesta de Natal Infantil
Esta opção inclui a compra e o sorteio da cesta entre os alunos no final do trabalho. Ela segue roteiro semelhante à Cesta de Natal
1. Definição dos produtos para consumo das crianças (chocolate, balas, revistinhas, etc) que a turma quer colocar na cesta;
2. Composição de tabela produto X supermercado a ser visitado;
3. Visita aos supermercados definidos para coleta de dados;
4. Comparações de preços e montagem de tabela final do orçamento da cesta com os preços dos mais baratos e supermercado respectivo;
5. Estudo de viabilidade de compra da cesta. Os alunos podem lançar mão de várias fórmulas a fim de arrecadarem dinheiro para comprarem a cesta: doações, rifa interna, etc.




Reflexão sobre o Natal - Leia mais aqui - Festa natalina



Uma linda história de natal para contar para as crianças.

O Natal está chegando... gosto de sentir o cheiro de verão que as plantas exalam nessa época. Lembro-me que, na minha infância, quando sentia esse aroma, as férias começavam e os preparativos para o Natal também. 



Meu pai providenciava um pinheiro grande que normalmente acrescentava mais uma aroma às minhas lembranças natalinas. Aos domingos, nossas manhãs se iniciavam com o som dos hinos tradicionais com volume bem alto na vitrola – era hora de levantar para ir à igreja. Canções, aromas, decorações, frutas da época – quantas lembranças. As comemorações da véspera de Natal eram simples mas significativas: líamos a história do menino na manjedoura, os anjos cantando, cantávamos ao redor do piano e agradecíamos a Deus pelo presente que ele nos deu.

Essas recordações são alegres e significativas, mas hoje sei como estamos distantes do primeiro Natal, naquele dia. Os aromas tinham mais a ver com excrementos e suor de alguns animais. A música era o mugido de uma vaca, ou o balir de um carneiro. Talvez para completa, o choro de um bebê recém nascido e o sussurar de um casal feliz, que sabe um José um pouco apreensivo com o nascimento num local inusitado, e uma Maria cansada, mas que guardava tudo em seu coração corajoso.
No mundo natural, tudo tão simples. Mas no céu, o dia mais fantástico que a história da humanidade já havia visto: o Deus todo poderoso se fez carne, gente como eu, como você, sujeito a viver no útero de uma mulher, a um parto, ao primeiro fôlego de vida, a ser carregado, alimentado e embalado por mortais. Ele se sujeitou a obedecer às leis naturais que regem a vida do homem.
Ninguém mais poderia dizer: "Deus está longe", "Ele não compreende".
Naquele dia incrível a humanidade começaria a ver o rosto de Deus. "... a imagem do Deus invisível ...", descrita na Bíblia em Colossensses 1:15. Em João 1:18 diz que Deus nunca foi visto por alguém, mas Jesus o revelou. Não há festa grande o suficiente para comemorar este dia. Não cabe no entendimento humano a grandeza do Natal. Deus se fazendo um de nós. Agora, quando falo com Deus, não estou me aproximando de uma divindade inacessível, insensível e intocável. Posso me aproximar de Deus porque ele me amou primeiro, e me compreendeu perfeitamente. Mas o Natal era apenas o começo. Nos próximos trinta e três anos Jesus viveria, amaria as pessoas, andaria no meio delas, veria as tragédias e inconsistências do ser humano, seria tentado como nós, mas sem pecado e, por fim, se entregaria como cordeiro para o sacríficio que transformaria o destino eterno de todo aquele que cresse nele. O Natal traz muitas coisas belas e agradáveis, mas nada se compara a conhecer o Jesus do Natal no coração e experimentar a sua paz e a promessa de sua presença todos os dias.




Feliz Natal com Jesus no coração.


gostou desta história Natalina?


ATIVIDADES DE MATEMATICA - NATAL SUGESTOES DE TRABALHO



Com a chegada do Natal, muito professores e educadores começar a procura por atividades que relacionam as disciplinas e conteúdos a serem aplicados e os temas natalinos.

Separamos algumas atividades educativas de matemática que podem ajudar nesta tarefa. 

1- -LEIA O TRECHO  ABAIXO:


  



Até o final de século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom. Porém, em 1881, uma campanha publicitária da Coca-Cola mostrou o bom velhinho com uma roupa, também de inverno, nas cores vermelha e branca (as cores do refrigerante) e com um gorro vermelho com pompom branco. A campanha publicitária fez um grande sucesso e a nova imagem do Papai Noel espalhou-se rapidamente pelo mundo.

Agora responda:
a)Quantos  anos fazem que Papai Noel é representado pela nova imagem? --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
b) Quantas ordens possui este número?_______E quantas classes?______
b) Escreva-o por extenso:______________________________________
c) Ele é número par ou ímpar?__________________________________
d) Dê o seu sucessor e o seu antecessor:   

e)Represente este numeral no Quadro Posicional:

U.M
C
D
U





f)Represente esse número com material dourado:
  
____________________________________________________________________

 g) Represente a operação que indica como você descobriu o  total de anos que fazem que  Papai Noel  é representado pela nova imagem .

Como é o Natal em outros Paises



Por vivermos aqui, temos uma boa ideia de como são as comemorações do natal aqui no Brasil, mas você conhece a origem dessas tradições natalinas brasileiras?

E em outros países, você conhece como são as festas natalinas?

Então siga a leitura e descubra  como é o Natal mundo afora e prepare incríveis atividades educativas com essas informações!

Brasil

• As tradições do Natal brasileiro são muito semelhantes às do Natal português.
• Faz-se o Presépio, que foi introduzido no século XVII em Olinda, Pernambuco, pelo frade franciscano Gaspar de Santo Agostinho.
• Hoje em dia existem Presépios nas casas, igrejas e até nas lojas!
• O Papai Noel é quem traz os presentes, e segundo se diz, vive na Groenlândia, mas quando chega ao Brasil põe roupa mais fresca, pois em Dezembro é Verão no Brasil!
• O jantar de Natal é muito rico e variado, inclui peru, presunto, arroz de vários tipos e muitos doces e frutas.
• As pessoas vão à Missa da Galo, à meia-noite. A Missa do Dia de Natal, por sua vez é bem ao fim do dia, pois todos se levantam um pouco mais tarde e até se vai à praia!
• Para além dos enfeites habituais de Natal, há flores, fogo de artifício e muitas árvores de Natal enfeitadas com luzes brilhantes colocadas nas praças das maiores cidades do país.


Teatro: OS ENFEITES DE NATAL



Teatro:OS ENFEITES DE NATAL



Que tal neste ano fazer um grande teatro de natal? Você pode usar o roteiro abaixo para criar uma linda encenação natalina e que pode ser apresentadas aos pais e responsáveis na festinha de natal da sua escola ou grupo educacional. 

Então separe as cadeiras, prepare o palco, apronte as fantasias que o show vai começar!

Projeto Dia das Crianças - Semana da Criança



Está chegando o mês de outro de ainda não preparou nada para a Semana da Criança?
Veja abaixo nossas dicas selecionadas de atividades educativas para o dia das crianças.

Projeto Dia das Crianças

Justificativa:A criança tem o direito de ser feliz, de ser valorizada, respeitada e amada. Ela passa a maior parte do tempo na escola, que por sua vez desempenha sua função social proporcionando à criança um ambiente feliz, acolhedor e amável.

Objetivos do projeto:

Promover, durante a semana da criança, atividades extraclasse, variadas e interessantes, visando dar a criança oportunidades de lazer e sociabilidade educativas
Valorizar a criança
Estimular a auto-estima infantil
Evidenciar direitos e deveres da criança
Desenvolver o raciocínio-lógico, a expressão oral e corporal, a coordenação motora, a percepção auditiva e visual da criança
Proporcionar jogos e brincadeiras educativas


Desenvolvimento do preojto na semana da criança:

Capa para trabalho
Lembrancinhas de dia das crianças
Desenhos para colorir sobre o tema
Recorte e colagem
Músicas e poesia sobre crianças
Dobraduras divertidas
Brinquedos com sucata
Brincadeiras educativas dirigidas
Mensagens para o dia da criança
Painel para o dia das crianças

Culminância do projeto:


 Realização de apresentação de musicas, poesias e teatros com pipoca ou cachorro quente ou bolo e entrega de lembrancinhas para as crianças.





Avaliação d projeto:

A avaliação deve buscar entender o processo de cada criança e a significação que cada trabalho comporta. A observação do grupo, além de diária e constante, deve fazer parte de uma atitude sistemática do professor dentro do seu espaço de trabalho escolar.

Duração: 1ª quinzena do mês de outubro.

VEJA TAMBÉM mais brincadeiras para crianças



Educadora Cris - retirado do orkut

Gostou do projeto para o dia e a semana da criança? E você? O que está planejando? Conta pra gente através dos comentários! Também nos ajude compartilhando através das redes sociais.

Projeto Dia das Crianças II - Semana da Criança



Que tal algumas informações interessantes para você saber antes de iniciar as atividades educativas para o dia das crianças.

Como surgiu o Dia da Criança


O Dia das Crianças no Brasil foi "inventado" por um político. O deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de criar um dia em homenagem às crianças na década de 1920.

Na década de 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de
"criar" o dia das crianças. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi
oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924.

Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto" e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu certo, pois desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes!



Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto.

A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos.

VEJA TAMBÉM Brincadeiras para 12 de outubro



O dia das crianças em outros países


Alguns países comemoram o dia das Crianças em datas diferentes do Brasil. Na
Índia, por exemplo, a data é comemorada em 15 de novembro. Em Portugal e
Moçambique, a comemoração acontece no dia 1º de junho. Em 5 de maio, é a vez
das crianças da China e do Japão comemorarem!

Conheça o Dia Universal da Criança


Muitos países comemoram o dia das Crianças em 20 de novembro, já que a ONU (Organização das Nações Unidas) reconhece esse dia como o dia Universal das Crianças, pois nessa data também é comemorada a aprovação da Declaração dos Direitos das Crianças. Entre outras coisas, esta Declaração estabelece que toda criança deve ter proteção e cuidados especiais antes e depois do nascimento.

Essas são algumas informações que você precisa saber para realizar um excelente projeto para o dia das crianças. Espero que você faça coisas muito bacanas para comemorar o dia das crianças neste ano.

Esperamos que tenha gostado das nossas informações e que sejam úteis no seu projeto de dia das crianças. Deixe seu comentário abaixo e nos ajude compartilhando nas redes sociais.


Projeto Primavera - Educação Infantil



Projeto Primavera:



Faça muitas atividades sobre a primavera neste ano:

JUSTIFICATIVA: Vivenciar a alegria da estação com a presença multicolorida das flores, levando a criança a contemplar as suas maravilhas e o bem-estar que a convivência da natureza proporciona.

OBJETIVOS:
Trabalhar a percepção tátil, a coordenação motora fina e grossa, as linhas, as cores, os aromas, as medidas, os numerais, formas, texturas e as conseqüências.
Despertar o interesse pela preservação do meio ambiente, assim como as formas de vida e sua sobrevivência.
Observar o meio natural (Fotossíntese), desenvolvendo a curiosidade e a prática investigativa de cada criança.

CONTEÚDO:
Atividades orais e escritas;
Plantio de diferentes mudas;
Floreira;
Jogos: Quebra Cabeça, Jogo da Memória, Dominó e Bingo de Flores;
Brincadeiras;
Músicas e Danças;
Móbiles;
Culinária (apresentação de chá);
Pinturas, Dobraduras e Recortes;
Matérias recicláveis (sucatas);
Histórias com fantoches;
Confecção de livros;
Técnicas de pintura;
Máscaras de flores trabalhadas;
Argila;
Massinha de modelar;
Confecção de esculturas em flores;
Painéis para a primavera;
Parlendas; Contos; Adivinhas; Trava-língua; Poemas; Rimas;
Exposição de telas – Juscelino Soares (Girassol);
Passeio à floricultura – Rosa de Sharon.

MATERIAS UTILIZADOS:
Papéis (sulfite, cartolina, color set, jornal, bubina, crepom, laminado).
Palitos de churrasco; Garfinhos de madeira.
Sucatas (garrafa pet de diferentes cores e tamanhos; tampinhas de plásticos).
Tesoura com ponta arredondada, cola branca e colorida, lápis de cor, giz de cera, giz de lousa, régua, gliter.
Agulha de costura, fio de náilon, barbante, fita adesiva transparente, botão, pincel, E.V.A. tela.
Sementes e mudas.


VEJA TAMBÉM



CULMINÂNCIA: Exposição da mini floricultura (natural e artificial), degustação de chá.

AVALIAÇÃO: Avaliação continua; Coletivo: plantações e passeio; Grupos: (meninos/meninas), atividades desenvolvidas em sala de aula.

BIBLIOGRAFIA:
- Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil - Ministério da Educação e Deporto. Brasília, 1998.
- Revista Nova Escola – Setembro 2006.
- Revista: Guia Pratico para Professoras da Educação Infantil.
- Projetos Escolares – Educação Infantil.

- Com a voz da Eliana tem a música Primavera e também um pout-pourri das canções a Cigarra e a Formiga, As Estações, e Lá vem o Sol. ( Algumas crianças podem estar vestidas com asas de borboletas confeccionadas por elas próprias e outras com flores )

- No CD Arca de Noé tem uma linda canção denominada Girassol cantada pela Jane Duboc - também é uma opção. ( Uma coreografia com os alunos vestidos de girassol )

- A montagem de um painel de primavera da seguinte maneira: cada dia um elemento da natureza: flor, uma arara, uma borboleta e assim sucessivamente... todos os alunos executam o trabalho artistico e cada dia um irá para o painel. Se for possível, associar uma música a cada elemento que for exposto. Importante que haja a participação de todos os alunos.

- Lembrancinha de primavera: Um copinho de gelatina ou de refrigerante recheado de jujubas com uma plaquinha em forma de flor desejando feliz primavera - é simpático e as crianças amam.

- Plantar sementes de flores na escola e dar de lembrança um vasinho pequeno com um saquinho de terra e flores para as criancas montarem como pais em casa também.

- Para os maiores: O dia que marca o início da primavera é muito especial. A duração do dia, parte clara, e da noite é a mesma. A partir dai as noites serão cada vez menores e o clima se torna mais quente. Observar pode ser uma atividade interessante.


Mais idéias de atividades para primavera...

Idéia da Ana Margarida:

Sugiro um grande mural, colorido com flores e passarinhos feitos de dobradura,pintado com têmpera ou cola colorida, usando folhas secas e graminhas coletadas pelas crianças, sempre usando literatura infantil como motivação para adicionar elementos no mural. você pode fazer um motivo por dia, contando histórias ou ensinando musiquinhas com gestos e expressão corporal, ainda máscaras de flores ou de personagens de histórias, fazendo um teatrinho.explorar texturas, cores, formas e a natureza que é muito rica em elementos.



Idéia da Aline:
Que tal iniciar com algumas musicas infantis?
Um passeio pelo jardim florido... mostrando alguns cuidados com as plantas...
Que tal contar historias e depois pedir q desenhem... fazer dobradura e dar a eles.
Trabalhar junto as cores da natureza... montar um cartaz com td qto é tipo de flor e fazer colagem...
sao algumas ideias..espero ajudar

Idéia da Gleiciane:

Música da primavera:
Desperta no bosque gentil primavera.
Com ela chegou o canto, gorgeio dos sábia.
Tra lá lá lá tra lá lá.
As flores se abrem no bosque encantado
Com ela chegou as flores ............ Eu esqueci mas irei ver com as amigas do colégio e escrevo depois.
Tra lá lá lá tra lá lá.
Espero ter ajuda-la

Idéia da Raquel:
Pode trabalhar com um desfile
meninos e meninas!!
Trabalhar cantigas de roda e outras
a linda rosa juvenil, onde está a margarida,
o cravo e a rosa etc.

Idéia da Graziela:
Então fiz assim na escola q trabalho(todas as professoras)
fizemos moldes de flores de diversos tamanhos(ou vc faz da grande e vai diminuindo,ou cada profa faz uma de um tamanho)a minha era grande...em papel canson fizemos as flores com miolo amarelos e fizemos um mobile(contendo 4 flores em cada um ,com distancia entre as flores de mais ou menos 10 ,15 cm)enfeitamos a escola inteira assim e colocamos umas borbolestas a entrada ficou linda e é super pratico e rapido de faz(ahh a linha utilizada para fazer o mobile,foi linha de pesca,e em cada flor dava-se um nó para ela não escorregar para a de baixo)
Espero ter ajudado,as crianças levarão uma flor igual a q colocamos no mobile,só q num palito de churrasco..e com as crianças,fizemos um cartaz(com 2 cartolinas onde eles colocavam bolinhas de papel no caule da arvore,etc>>e uma maquete/a maquete foi feita pela escola inteira)alunos e profs)

Idéia da Andreia Catarina:
Vamos fazer a dramatização..."Sabiá lá na gaiola fez um buraquinho...voou,voou,voou...E a menina que gostava tanto do bichinho...chorou, chorou,chorou...Sabiá fugiu pro terreiro, foi morar lá no abacateiro, e a menina pois-se a chamar :-Vem cá sabiá,vem cá. Sábia respondeu de lá:-Não chores que vou voltar...


Poesias:
1)- NO JARDIM
HELENA PINTO VIEIRA

JARDINEIRO, JARDINEIRO
VAI REGAR O TEU CANTEIRO
LINDAS FLORES
LINDAS FLORES
COLHERÁS O ANO INTEIRO

2)- PRIMAVERA
CLEVANE PESSOA DE ARAÚJO LOPES

A PRIMAVERA EXPLODIU
EM FOLHAS E CORES NOVAS!
QUEM FEZ TUDO NINGUÉM VIU
MAS AS FLORES SÃO AS PROVAS...

3)- PRIMAVERA
(autor desconhecido)

O JARDIM ESTÁ FLORIDO
LINDAS FLORES MULTICORES
TRAZENDO BORBOLETAS DE VÁRIAS CORES
FLORES COLORIDAS E PERFUMADAS
PASSARINHOS A CANTAR
É A PRIMAVERA QUE CHEGOU
PARA TODOS ALEGRAR

LINDA PRIMAVERA

COMO VOCÊ É LINDA
É A PRIMAVERA
NO JARDIM DA BEM VINDA
HÁ FLORES LINDAS E BELAS.

NA PRIMAVERA
SURGEM AS ROSAS E OS CRAVOS
A NATUREZA IMPERA
NO SÍTIO DO ROSALVO.

O AR FICA CHEIROSO
FAZ BEM PARA AS NARINAS
TUDO SE TORNA FORMOSO
PARAÍSO DAS MENINAS.

LINDA PRIMAVERA
COM PÉTALAS A ABRIR
A COISA MAIS SINGELA
QUE PODEMOS ASSISTIR.

ÉPOCA DE ALEGRIA
QUE TRANSMITE MUITA CALMA
NADA DISSO EXISTIRIA
SE NÃO HOUVESSE A ALMA.

DESABROCHAM LINDAS FLORES
E CHEIROSAS TAMBÉM
DE ONDE SURGEM OS FRUTOS
E EXCELENTES ARES CONTÊM.

( ANTONIO CÍCERO DA SILVA )

Conhecendo a flor:
OBJETIVOS GERAIS:

•Conhecer as características da flor;
•Construir os conceitos básicos sobre os componentes da flor;
•Perceber o processo de desenvolvimento da flor;
•Perceber a importância da preservação da flor;
•Incentivar o respeito às flores.

METODOLOGIA:

•Utilizar modelos de flores trazidas pelas crianças;
•Contar quantas flores vieram e quantas crianças trouxeram flores.
•Indagar as crianças, problematizando o conteúdo quem sabe como a flor surge? Por que ela é tão importante? Como se desenvolvem outras flores?
•Solicitar as crianças que representem em desenhos a flor e como a imaginam;
•Partir do desenho da criança para explicar o conteúdo;
•Cada criança irá desmanchar a flor em partes, começando pela pétala;
•Observar o que encontram no interior da planta;
•Sistematizar as partes encontradas; (quantas partes, odores, cheiro, etc.).
•Guardar as pétalas, em local combinado com as crianças e com tempo definido e após este prazo observar o que aconteceu com elas.
•Usar como recurso o vídeo Reino das Plantas;
•Cantar músicas sobre flores;
•Brincadeiras de roda – (Eu Sou a Florista)
•Teatro de fantoches (falando sobre a reprodução das flores e sua importância);
•Leitura de texto informativo sobre o tema.

Conhecendo as folhas das árvores:

OBJETIVOS GERAIS:

•Conhecer as características das folhas;
•Identificar as diferentes formas de folhas;
•A importância da folha para as plantas.

METODOLOGIA:

•Realizar observação no pátio do colégio e colher diversos tipos de folhas;
•Comparar o tamanho, a forma, a textura, as cores;
•Contar quantas folhas foram colhidas;
•Quantas menores, quantas maiores, quantas do mesmo formato;
•Colocar uma folha colhida em baixo de uma folha sulfit e passar o giz de cera ou lápis preto ou de cor em cima do papel e observar o efeito produzido;
•Picar algumas folhas, colocar em um vidro e cobrir com álcool, após duas horas observar e questionar as crianças sobre o que aconteceu. Por que as folhas ficaram esbranquiçadas?
•Explicar o porque as folhas são verdes e o que dá a cor verde as folhas.

AVALIAÇÃO: Observar o desempenho, e participação de cada criança nas atividades propiciadas.

Inicie as atividades educativas sobre a primavera começando pelo:

Dia da Árvore - 21 de Setembro

Idéias de trabalhinhos:

- Organizar junto aos alunos uma coleção de espécies de árvores. Para isso, coletar folhas secas caídas de diferentes tipos de árvores e organizá-las em folhas de papel sulfite, incluindo o nome da árvore, o tipo de folha coletado colado e se for possível uma foto ou imagem recortada de revistas, livros.
Depois, unir as páginas, fazer uma capa. Deixar o material exposto para apreciação.

- Proponha aos alunos a confecção de marcadores de livro feitos com papel reciclável ou de aproveitamento de sobras de papelão ou outro material rígido.
Converse com os alunos a respeito da importância das árvores para nosso ambiente.

Texto informativo para o dia da árvore:

A massa principal da vegetação terrestre é constituída por árvores, agrupadas em sua maioria em florestas. Toda e qualquer planta viva, lenhosa e ramificada que ultrapasse os sete metros de altura pode ser considerada uma árvore.
As maiores árvores chegam a 165 metros de altura (eucaliptos da Austrália). Já o diâmetro da base do tronco mede até 13 metros entre as sequóias da Califórnia, cuja longevidade ultrapassa os 2.000 anos.

Qualquer vida é muita dentro da floresta

Se a gente olha de cima, parece tudo parado.
Mas por dentro é diferente.
A floresta está sempre em movimento.
Há uma vida dentro dela que se transforma sem parar.
Vem o vento.
Vem a chuva.
Caem as folhas.
E nascem novas folhas.
Das flores saem os frutos.
E os frutos são alimento.
Os pássaros deixam cair as sementes.
Das sementes nascem novas árvores.
As luzes dos vaga-lumes são estrelas na terra.
E com o sol vem o dia.
Esquenta a mata.
Ilumina as folhas.
Tudo tem cor e movimento.

O livro das árvores. Org. Jussara Gomes Gruber
Org. professores Ticuma Bilíngües. São Paulo: Global, 2000

retirado de:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=30037891



TEMA: Estação das Flores
DURAÇÃO: Março a Novembro de 2007.
PÚBLICO ALVO: Jardim I A e I B.
AUTORAS:Marisa Santa Rosa Bueno/ Carla Aparecida Fina Silva / Elizângela Gabriel / Fabiana Dourado









Cursos Online com Certificado


Brincadeiras em Grupo





Durante o período de férias de julho ou de final de ano, muitas crianças ficam em casa ou entre os amigos do prédio ou da rua onde moram. Nesta hora é bom saber como realizar algumas brincadeiras em grupo.

Para alegrar as crianças e gastar a energia acumulada, nada melhor do que uma seleção de brincadeiras para as férias.

Abaixo seguem algumas idéias de dinâmicas e brincadeiras

mas se você quiser mais sugestões  de atividades para as férias, não deixe de visitar nossa seção de brincadeiras e veja todas as atividades disponíveis. Com certeza você irá encontrar uma brincadeira que achará interessante.

Diversas brincadeiras em grupo


1) ADVINHAÇÃO RIMADA: - (CALMO)

Preparação: Crianças sentadas em roda sendo sorteada para começar.
Desenvolvimento: O jogador inicia a brincadeira dizendo “Estou pensando numa palavra que rima com cadeia, qual é?” (Por exemplo). As demais
procuram advinha-la cabendo a quem conseguir o direito de fazer a nova pergunta. Se o grupo demorar muito a acertar, quem pensou na palavra deve
ajudar os companheiros a descobri-la por meios de gestos descritos do que se tiver pensado. Assim, a criança que imaginar a baleia, procurará sugerir
tal animal através de movimentos e expressões fisionômicas, mas sem nada falar.

2) ABOBRINHA: - (MODERADO)

Desenvolvimento: Uma criança é compradora, outra é ladrão. Outra criança é vendedora, e as demais são abobrinhas.
Compradora: “__Tem abobrinha prá vender?
Vendedor: “__Tem, pode escolher”
A criança compradora bate então na cabeça das outras que estão na fila, dizendo: "__Esta está verde, esta está de vez, esta tá verdolenga, essa está
madura" ( a escolhida). A abobrinha madura sai da fila e o comprador diz: "- Vou comprar cebolinha, pimenta, tudo prá te preparar" Quando ela sai,
outra, que é o ladrão, rouba a escolhida. O comprador volta: "__Roubaram a minha abobrinha, você viu?" - Não. Outra é escolhida e novamente
roubada e assim por diante até não sobrar nenhuma. O comprador vai procurar, acha a casa do ladrão, pede água, comida e, quando pede para ir ao
banheiro encontra lá as abobrinhas.
Final: Elas correm, e a que ele conseguir pegar vai ser o comprador na próxima vez.

3) AMARELINHA: - (MODERADO)


Material: 1 pedrinha.
Desenvolvimento: Brincam quantas crianças quiserem e cada uma tem sua pedra. Quando não disputam na fórmula de escolha fala: - Primeira!
(será a primeira), Segunda! Quem falar em segundo lugar será a segunda, assim sucessivamente.
1) Joga se a pedra na 1ª quadra, não podendo pular nela. Vai com um pé só, batendo os dois pés no chão, na quarta e quinta casa e no céu sem
fim.
2) Chutinho. Vai se chutando a pedra que foi jogada perto, antes da amarelinha, com um pé só. A pedra não pode bater na risca, se errar passa
para outra criança até chegar sua vez novamente.
3) Na terceira etapa, joga-se sem pedra. Com os olhos vendados diz: “__Pisei”? As outras respondem: “__Não”. Assim casa por casa até sua
vez. Também na terceira casa é com um pé só. E os dois pés na 4ª e 5ª casas.
4) Tirar casa - de costas joga-se a pedra para trás, onde cair, essa casa será excluída. Risca-se com giz a mesma, podendo pisar nela com os
dois pés.

4) A GATINHA PARDA: - (CALMO)

Material: 1 lenço e uma varinha.
Desenvolvimento: Forma-se a roda. Ao centro fica uma criança, a qual previamente vendaram os olhos, com um lenço dobrado, de modo a impedila
de ver. Traz na mão uma varinha. As que formam a roda, girando sempre cantando: A minha gatinha parda que a três anos me fugiu!... Quem
roubou minha gatinha?... Você sabe; você sabe; você viu... Calam-se. A que está ao centro bate com a varinha em uma das da roda. Esta mia como
um gato. Se a do meio a reconhece pela voz, diz-lhe o nome e essa vai ocupar-lhe o lugar. Se se engana, o jogo prossegue até que ela adivinhe.

5) AMIGO OU AMIGA?: - (CALMO)

Desenvolvimento: Jogadores espalhados à vontade pela sala. Provisoriamente, sairá um. Os outros escolherão, para figurar no jogo, um objeto
qualquer: mesa, caneta, etc. Será chamado o que estiver ausente.
- Amigo ou amiga? Perguntará ele.
- Amiga, dirão os outros (se o objeto for do gênero feminino).
Em seguida, irá indagando de um a um:
- Como gosta?
As respostas irão sendo dadas à vontade, evitando repetição: oval, comprida, escura, etc.
Se, com algumas destas respostas, conseguir adivinhar, escolherá um colega para substituí-lo. Caso contrário retornará ao primeiro, prosseguindo:
- Para que serve?
Irão respondendo de acordo com a utilidade do objeto. Se ainda não descobrir, dará nova volta, indagando:
- Como quer?
Prosseguirá o jogo do mesmo modo. O adivinhador terá direito de citar 3 objetos. Quando descobrir, será substituído pelo que designar.

6) A JAULA: - (ATIVO)

Preparação: Um grupo de crianças dispostos em círculos (lado a lado sem darem as mãos) forma a jaula. O outro grupo, cujos elementos
representam os animais, se dispersa pelo terreno. O professor usará apito ou campainha.
Desenvolvimento: Ao sinal do professor os animais põem-se a correr, ora entrando, ora saindo da jaula. A um novo apito, as crianças do círculo dão
as mãos fechando a jaula e prendendo, desse modo, os que ficaram dentro do círculo. Estes vão então fazer parte do mesmo, juntando-se aos que
formam a jaula. A seguir o jogo recomeça até que todos os animais tenham sido aprisionados.

7) AVIÃO PEGADOR: - (MODERADO)

Formação: Crianças dispersas a vontade, uma destacada: “o avião”.
Desenvolvimento: A um determinado sinal, o elemento destacado sai em perseguição dos colegas imitando um avião. Aquele que se vir em perigo
de ser apanhado, para equilibrando-se num pé só e eleva os braços lateralmente fazendo a figura de um avião. O perseguidor não poderá pegá-lo
enquanto ele estiver nesta posição. Quando o avião conseguir apanhar uma criança ela irá substituí-lo.

8) AR, TERRA E MAR: - (CALMO)

Formação: Crianças em círculo, mestre ao centro.
Desenvolvimento: O mestre inicia o jogo indicando com um dedo um dos jogadores dizendo: “Terra” (por exemplo). O jogador apontado terá de
responder o nome de um animal que vive na terra, como cavalo, tigre, etc. Se ele se enganar, pagará prenda. O jogo continuará indicando, o mestre,
outro jogador. Prossegue-se com a indicação de “ar”, “terra” e “mar” alternadamente, dando-se a oportunidade a todos os alunos. Ao fim de algum
tempo, passa-se a aplicação de penalidades às crianças que pagaram prendas, exigindo-se que cada uma delas escolhida ao acaso, indique o nome de
três animais que vivem no ar, na terra e no mar.

9) ALFABETO RIMADO: - (MODERADO)

Preparação: Formam-se pequenos partidos de 8 a 10 jogadores. Cada um se senta em rodinhas. Cada grupo escolhe seu chefe.
Desenvolvimento: Ao sinal de início, os capitães começam a dizer o alfabeto o mais depressa que podem. Tão logo o terminam, os vizinhos da
esquerda fazem o mesmo para depois cederem a vez aos companheiros seguintes e assim sucessivamente, até o grupo terminar vencendo a equipe
que primeiro consegue, sem soltar letras nem jogadores. Quem erra deve recomeçar do ponto em que cometeu a falha, sem perder tempo.

10) ADIVINHA QUE É: - (CALMO)

Formação: Em círculo. Uma criança no centro de olhos fechados.
Desenvolvimento: Uma criança do círculo irá puxar a orelha (devagar) do companheiro que está no centro fazendo o mínimo de barulho possível,
voltando ao seu lugar. Então pergunta: “__Advinha quem é”. A criança do meio deverá abrir os olhos e adivinhar quem puxou a sua orelha. Se não
conseguir, esta ocupará o seu lugar.

11) APANHAR O LENÇO: - (ATIVO)

Material: Um lenço
Preparação: Duas linhas paralelas distantes 8 a 10 m. Marca-se o centro do campo onde se coloca o lenço.
Formação: Os jogadores formarão dois partidos dispostos atrás da linha. Todos serão numerados. Cada partido com os mesmos números.
Desenvolvimento: O professor gritará um número e os jogadores chamados correrão até o centro, terão como objetivo apanhar o lenço e voltar a sua
fileira. No caso de um conseguir apanhar o lenço o outro deverá perseguí-lo e tocá-lo antes que ele consiga atingir a fileira.
Pontos: Alcançará dois pontos para o seu partido o jogador que conseguir apanhar o lenço e voltar a fileira sem ser tocado.

12) ABAIXAR-SE: - (MODERADO)

Material: 3 bolas
Formação: Crianças dispostas em 3 colunas. A frente de cada coluna a uma distância aproximadamente 1 metro do primeiro colocado, ficará o
“capitão” de cada equipe. Este segurará a bola
Desenvolvimento: A um sinal dado, o capitão atirará a bola ao primeiro de sua coluna que a devolverá e logo em seguida abaixará. O capitão jogará
a bola para o segundo da coluna que agirá como o primeiro e assim sucessivamente. A última criança da coluna ao receber a bola gritará “viva”,
marcando ponto para sua equipe.

13) A SOPA ESTÁ PRONTA: - (MODERADO)

Material: Gorro de cozinheiro
Formação: Crianças sentadas ou em pé em roda
Desenvolvimento: Uma criança é escolhida para ser o “cozinheiro” e fazer a sopa. Recebe o gorro de cozinheiro e caminha em volta da roda
escolhendo crianças para representarem os diversos legumes, a carne, a massa, etc. Estas devem seguí-lo até que o cozinheiro diga: “__A sopa está
pronta”. Neste momento todos correm para ocupar um lugar na roda. A criança que não conseguir entrar na roda ocupará o lugar do cozinheiro.

14) ATENÇÃO! CONCENTRAÇÃO!: - (CALMO)

Formação: Em círculo, sentados na sala de aula ou à vontade.
Desenvolvimento: Ao iniciar o jogo, todos dirão: “__ Atenção! Concentração!” Logo em seguida baterão palmas 3 vezes.
“__ Atenção” – 3 palmas
“__ Concentração” _ 3 palmas
“__ Diga o nome” _ 3 palmas
“__ Nome de” _ 3 palmas
A seguir o professor ou uma criança por ele indicada falará e os demais baterão palmas da seguinte maneira:
“__ Uma fruta” _ 3 palmas
“__ Que você” _ 3 palmas
“__ Mais gosta” _ 3 palmas
Logo após da ordem indicada pelo professor cada criança dirá o nome de uma fruta e baterá 3 palmas, que será acompanhada por todo o grupo.
Depois de todos os alunos tiverem dito o nome de uma fruta, o professor ou outro aluno, sem intercessão, continua a brincadeira, dando nova ordem.
Poderão ser lembrados: nomes de cidades, bairros, países, acidentes geográficos, vultos históricos, compositores, artistas, etc. Pagarão prendas os que
errarem.

Quer mais brinadeiras em grupo? Então veja mais navegando em nosso site. Não deixe de comentar e compartilhar nas redes sociais.

Mais Atividades para Educação Infantil